Adeus precoce de Parreira…


No dia em que assumiu a seleção da África do Sul, há 14 meses atrás, Carlos Alberto Parreira avisou: “No dia em que eu não estiver contente ou confortável, tchau, tchau”, disse na entrevista coletiva. “Treze técnicos em treze anos não é uma boa marca”, lamentava.

Por problemas de saúde na família, o brasileiro teve que deixar o pais da proxima copa do mundo. Antes, parecia estar contente e confortável, pois vinha de vitória e seu trabalho vinha sendo reconhecido pelos dirigentes e torcida.

Bem diferente do início, quando Parreira recebeu críticas duras de todos os lados por causa do salário e chegou a ameaçar largar a seleção sul-africana ainda no começo do trabalho.

Depois do fracasso na Alemanha com o Brasil, Parreira via 2010 como a chance de recuperar seu prestígio. Infelizmente, teve que sair no meio do caminho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: